FANDOM


Exclamation Mark.jpg

Este artigo contém informações insuficientes e é considerado um esboço. Você pode ajudar esta wiki expandindo-o tanto quanto você puder.

WATCH DOGS LΞGION
Watch Dogs Legion Standard Edition
Informações gerais
Desenvolvedora(s) Ubisoft Toronto
Publicadora(s) Ubisoft
Data(s) de lançamento 2020
Gênero(s) Ação-aventura
Protagonista Vários personagens diferentes
Local Londres
Site Site oficial


Watch Dogs: Legion, estilizado WATCH DOGS LΞGION, é um jogo de mundo-aberto de terceira pessoa situado na série Watch Dogs. Desenvolvido pela Ubisoft Toronto e publicado pela Ubisoft, será o terceiro jogo principal da série Watch Dogs após Watch Dogs 2.

Enredo

Num futuro próximo, Londres está enfrentando sua queda: as pessoas estão sendo oprimidas por um estado de vigilância que tudo vê, militares privados controlam as ruas e um poderoso sindicato do crime está atacando os vulneráveis. O destino de Londres está com você e sua capacidade de recrutar uma resistência e revidar.

Jogabilidade

Watch Dogs: Legion é um jogo de ação e aventura, jogado a partir de uma visão em terceira pessoa. O jogo se passa em um mundo aberto, uma representação ficcional de Londres, que abrange marcos notáveis, bairros e estilos culturais da cidade. O cenário do jogo se passa dentro de uma Londres que se tornou um estado de vigilância. As liberdades pessoais têm sido bastante limitadas e os cidadãos são constantemente monitorados em suas atividades pela Albion, uma empresa de segurança privada que atua como agente da cidade. O jogador pode navegar pela cidade a pé, usando veículos ou viajando rapidamente pelas estações de metrô da cidade. Ao contrário dos jogos anteriores da série, focados no uso de um único protagonista para conduzir a narrativa da história, Legion apresenta a capacidade de controlar vários personagens dentro do cenário do jogo. Cada um desses personagens pode ser recrutado através de uma missão única, embora isso dependa de sua posição no DedSec; por exemplo, um personagem que o grupo hacker ajuda será a favor de ajudá-lo quando solicitado ao concluir sua missão de recrutamento, enquanto um personagem cujo membro da família foi acidentalmente morto por um membro do DedSec não tolerará o grupo e provavelmente se recusará a participar.

Depois que um personagem é recrutado para a lista de jogadores, ele é designado para uma das três classes: combate, furtividade ou hacking. Cada classe apresenta seu próprio conjunto de ferramentas e aprimoramentos de habilidades quando um personagem passa de nível para completar missões e atividades. Cada personagem também tem seu próprio histórico, que determina uma habilidade ou característica especial que eles possuem. Por exemplo, um personagem recrutado pode ser mais habilidoso com drones e, portanto, pode causar mais dano a eles, enquanto outro é um "viciado em adrenalina" que causa mais dano corporal, mas com o risco de morrer a qualquer momento aleatório. Todos os personagens do jogo recrutados para a lista de jogadores têm suas próprias vidas pessoais quando não estão sendo controlados, podem ser totalmente personalizados com várias opções de roupas e podem usar uma mistura de armas letais e não letais, a última apresentando uma seleção mais extensa do que em títulos anteriores.

Morte permanente

Embora o jogador possa recrutar uma grande lista de personagens para controlar, Watch Dogs: Legion introduz o recurso morte permanente, onde cada personagem pode ser permanentemente perdido durante o decorrer do jogo. Os personagens correm o risco de serem mortos durante a condução de operações do DedSec contra outros grupos ou contra a polícia local; nesses casos em que o personagem atualmente controlado é gravemente ferido, os jogadores podem optar por fazê-lo se render aos seus oponentes e permitir que sejam resgatados por outro personagem, ou tentar resistir e fugir de seus perseguidores com o risco de serem mortos em ação e sendo permanentemente removido da lista de personagens jogáveis, forçando o jogador a mudar para outro. No caso em que alguém se rende e é preso, os jogadores podem usar outro personagem para resgatá-los.

Uma vez recrutados, esses personagens devem ser nomeados para uma das três classes: combate, furtividade ou hacking. Os jogadores também podem se juntar a uma equipe de até 4 jogadores no modo cooperativo, compartilhando a progressão entre os modos um-jogador e multijogador.

Combate

Watch Dogs: Legion coloca mais ênfase no combate à curta distância: existem certos inimigos que usarão armas brancas para atacá-lo e você poderá usar suas armas ou punhos para tirá-las. As armas tornaram-se mais personalizáveis, dando-lhe a opção de escolher entre definir sua arma para Letal ou Não Letal. Cada decisão que você toma como personagens diferentes afeta o mundo, a personalidade do seu personagem e a percepção mundial do DedSec. Como o Watch Dogs 2, os drones são uma grande parte do Watch Dogs: Legion, com drones de combate que assumem o papel das perseguições policiais tradicionais (e postos de controle militares que substituem bloqueios policiais), drones de construção que carregam cargas úteis (e podem ser montados, uma vez sequestrados), drones de choque que substituem policiais etc., e esses drones podem ser hackeados apenas por pessoas cujas habilidades são ótimas para hack. Além disso, a direção recebeu um novo recurso: direção automática; isso permite que o carro dirija sozinho ou pode desativá-lo em favor da condução manual do carro.

Desenvolvimento

Watch Dogs: Legion está sendo desenvolvido pela Ubisoft Toronto, com trabalho adicional sendo fornecido pelos estúdios irmãos Ubisoft Montreal, Ubisoft Paris, Ubisoft Bucareste, Ubisoft Kiev e Ubisoft Reflections. A equipe de desenvolvimento é liderada pelo diretor criativo Clint Hocking, que foi recrutado para ajudar na criação do jogo devido à transferência da Ubisoft de seu estúdio em Montreal para Toronto e ao recrutamento de desenvolvedores que já haviam trabalhado com ele em Far Cry e Far Cry 2.

Lançamento

Watch Dogs: Legion foi revelado pela Ubisoft via Twitter em 5 de junho de 2019, antes de seu anúncio na E3 2019, onde o jogo teve sua data de lançamento revelada em 6 de março de 2020. Em 24 de outubro de 2019, foi oficialmente adiada até algum dia no ano fiscal de 2021 da Ubisoft, que começa em 1º de abril de 2020. Portanto, presume-se que o jogo será lançado no final de 2020 ou no início de 2021. Ele estará disponível para Microsoft Windows, PlayStation 4, PlayStation 5, Xbox One, Xbox Series X e Google Stadia.

Galeria

Capas

Capturas de tela

Trailers

O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.