FANDOM


Camera image Este artigo precisa de mais imagens para dar aos leitores uma melhor compreensão do conteúdo. Você pode ajudar a wiki, adicionando alguma(s) imagem(s) nítida(s) ao artigo.
Exclamation Mark.jpg

Este artigo contém informações insuficientes e é considerado um esboço. Você pode ajudar esta wiki expandindo-o tanto quanto você puder.

Umeni-Zulu Faction Classes

Tipos dos guardas da Facção Umeni em Watch Dogs 2.

Umeni é uma corporação mencionada em Watch Dogs e com um papel maior em Watch Dogs 2.

História

A Umeni-Zulu começou por fornecer ao governo dos Estados Unidos produtos de tecnologia criptográfica antes de expandir seu serviço para colecionar inteligência nacional e internacional. Eles contratam a CIA e se envolveram em ações paramilitares em todo o mundo, além de utilizar a segurança cibernética em uma variedade de ações clandestinas. Eles são um grupo altamente privado que se mantém bem escondido do escrutínio público, mas eles foram acusados de ser uma frente da MOSSAD e até mesmo uma frente da CIA. Isso leva à especulação de que algumas corporações militares privadas (PMCs) podem ser frentes de coleta de inteligência para interesses nacionais e estrangeiros.

Sumário

Watch Dogs

A Umeni é uma corporação que ganhou dinheiro ao permitir que seus engenheiros tenham a responsabilidade legal sobre um incidente, o que leva a serem presos, alguns dos quais agora são membros da DedSec. Isso é mencionado no início da missão exclusiva "CTRL" (Parte da DLC White Hat Pack). Eles têm seu próprio prédio, como visto em Watch Dogs: Bad Blood.

Watch Dogs 2

Umeni tem um papel muito maior em Watch Dogs 2. É revelado que eles são uma empresa de segurança privada e servirá qualquer corporação que precise de ajuda. Isso é visto em Watch Dogs 2, onde, se certas facções (Como guardas de segurança e robôs, New Dawn, e mais) precisaram de assistência, e chamaram reforços da Umeni.

O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.